FUNDAÇÃO DOM MANUEL II
Fundação Dom Manuel II
Rua dos Duques de Bragança 10
1200-162 Lisboa
PORTUGAL

Divulgação:

Prémio Príncipe da Beira Ciências Biomédicas

 

REGULAMENTO

 

 

O Prémio Príncipe da Beira Ciências Biomédicas, instituído pela Fundação Dom Manuel II,

representada por S.A.R., o Duque de Bragança, em conjunto com o Grupo de Investigação

3B’s- Universidade do Minho e o Município de Guimarães, tem como objectivo primordial

premiar a excelência da Investigação e contribuir para abrir novos caminhos na investigação 

aplicada e ética no domínio das Ciências. O Prémio Príncipe da Beira Ciências Biomédicas

será atribuído de acordo com o estabelecido no presente Regulamento.

 

1.       O Prémio Príncipe da Beira Ciências Biomédicas reconhece, anualmente, um plano de

 trabalhos a realizar por um(a) investigador(a), de nacionalidade portuguesa ou estrangeira e 

com menos de 40 anos, na área das Ciências Biomédicas.

2.       É admitido a concurso um único plano de trabalhos original por candidato/a, sendo que

 este plano de trabalhos deverá ser executado pelo período mínimo de 1 ano, e poderá ser

 enquadrado no âmbito de estudos pós-graduados, nomeadamente os conducentes à obtenção 

do grau de doutoramento, devendo ser desenvolvido numa Instituição de I&D nacional ou 

estrangeira (ou ambas).

3.       O Prémio Príncipe da Beira Ciências Biomédicas consubstancia-se na atribuição de um 

subsídio no valor de 15.000,00 Euros.

4.       A atribuição do Prémio Príncipe da Beira Ciências Biomédicas será concretizada na 

sequência da abertura de concurso público, publicitado nas páginas online da Fundação Dom 

Manuel II, Grupo de Investigação 3B’s- Universidade do Minho e o Município de Guimarães, e 

ainda, na imprensa escrita.

5.       A divulgação do Prémio Príncipe da Beira Ciências Biomédicas será realizada nas páginas 

Web da Fundação Dom Manuel II, Grupo de Investigação 3B’s- Universidade do Minho e o 

Município de Guimarães, e ainda, na imprensa escrita.

6.       As candidaturas devem ser apresentadas em formulário electrónico próprio e submetidas

 electronicamente no prazo fixado no Edital de Abertura do concurso.

7.       A avaliação das candidaturas é realizada por um Júri designado pela Fundação Dom

 Manuel II, o Município de Guimarães e o Grupo de Investigação 3B’s- Universidade do Minho,

 sendo constituído por personalidades e cientistas de reconhecido mérito no domínio das Ciências 

Biomédicas, composto por:

 

                     Prof. Dr. Rui L. Reis (Presidente do  júri);

                     Prof. Dr. Braga da Cruz;

                     Prof. Dr António Luís Trindade Lobo Ferreira;

                     Dr. Adalberto Neiva de Oliveira;

                     Dra. Adelina Paula Pinto;

                     Dr. Miguel Oliveira.

 

 

8.       O Júri é soberano nas suas decisões, não havendo lugar a qualquer tipo de reclamação.

9.       O Júri poderá deliberar a não atribuição do Prémio Príncipe da Beira Ciências Biomédicas.

10.   A decisão do Júri será comunicada, por escrito, a todos os candidatos.

11.   O Prémio Príncipe da Beira Ciências Biomédicas será entregue numa sessão pública organizada

 para o efeito.


12.   O/A premiado/a proferirá a apresentação do seu plano de trabalhos na sessão solene de

 entrega do Prémio.



O Consello da Cultura, membro da Comissão Temática de Promoção e Difusão da Língua 

Portuguesa dos Observadores Consultivos da CPLP, organiza o 3º Ciclo de cinema 

galego-português: Mulleres, patrimonios, sociedade que decorrerá  nos días 14, 15 e 16 

de outubro de 2021, no Auditório da Casa das Artes de Arcos de Valdevez. Mais informação 

na ligação abaixo:

http://consellodacultura.gal/evento.php?id=201203






Divulgação - Foi inaugurado no dia 31 de Julho de 2021 em São Paulo, Brasil, o Museu de Língua 

                      Portuguesa. (Ver site)

                       Abaixo o livro digital do Museu:

https://fundacaorobertomarinho-my.sharepoint.com/:b:/g/personal/onedrive_mlp-entrega_frm_org_br/EeThzQHiWedHmre6RRoyioUBKOlkFnYBAT_p3iecXWmmjA?e=a6B5Rf​





Divulgação - Mercado da Língua Portuguesa, 22 e 23 de Julho, no Mercado de Cascais

 Decorrerá no Mercado da Vila em Cascais nos dias 22 e 23 do corrente mês de Julho, das 10h 

às 22h30, a 2.ª edição do Mercado da Língua Portuguesa, organizado pela A UCCLA e pela 

Câmara Municipal de Cascais. Haverá mostras representativas de setores de gastronomia e artesanato 

de todos os países de língua oficial portuguesa, mas também de Goa e da Região Administrativa 

Especial de Macau. O evento contará com a participação de conhecidos músicos de língua portuguesa 

nos dois dias do evento, conforme Programa. (Ver programa).

Dada a extensão da zona onde se situarão os stands, a organização assegurou e assegurará o 

escrupuloso respeito das orientações estabelecidas pela DGS em função dos condicionalismos 

existentes devido à pandemia da COVID-19 inclusive de grande distanciamento entre os stands 

existentes, o uso de máscaras, a desinfeção das mãos e o controlo dos participantes 

ao espaço disponibilizado em cada momento.





No passado dia 13 de Abril de 2021, pelas 10h30, teve lugar na sede da CPLP a Sessão de 

apresentação do Plano de Atividades para 2021 da Comissão Temática de Promoção e 

Difusão da Língua Portuguesa dos Observadores Consultivos da CPLP. A Fundação 

D. Manuel II participou na pessoa do seu Presidente, S.A.R., o Senhor Dom Duarte 

de Bragança. (Ver imagens)


Na imprensa:

RTP - Comissão para promover português é exemplo "inspirador" para atuação da CPLP (ler artigo)





DIVULGAÇÃO:

É com grande prazer que a Fundação D. Manuel II, que integra a Comissão Temática de 

Promoção e Difusão da Língua Portuguesa dos Observadores Consultivos da CPLP, vem 

divulgar a Exposição organizada pelo Observatório da Língua Portuguesa-OLP sobre a 

Língua Portuguesa no Google Arts & Culture. Pode ver a Exposição em: 

https://artsandculture.google.com/partner/observatorio-da-lingua-portuguesa

 




Acções de solidariedade social



Está a decorrer uma campanha de solidariedade de angariação de roupas e alimentos a favor da 

Obra Social da Basílica de Nossa Senhora dos Mártires, no Chiado.




No dia 20 de Junho, o Presidente da Fundação D. Manuel II, o S.A.R., o Senhor Dom Duarte de 

Bragança presidiu à cerimónia de entrega de um videolaringoscópio ao Hospital de Barcelos. 

A Fundação associou-se à campanha da Real Irmandade do Senhor do Bom Jesus da Cruz 

contribuindo para a aquisição deste equipamento.




No dia 19 de Junho a Fundação D. Manuel II levou a cabo mais uma acção de solidariedade 

social com a doação de calçado especial para os cuidados intensivos.



No passado dia 26 de Abril foi levada a cabo uma operação conjunta de solidariedade na zona de 

Leiria para fazer chegar alimentos e bens essenciais de primeira necessidade a 77 pessoas de 

19 famílias e demais membros de uma comunidade religiosa de emigrantes brasileiros, (cerca 

de 100 no total), os quais estavam já há algum tempo sem mantimentos e sem forma de os comprar, 

por terem ficado sem emprego, ou deixado de receber donativos devido ao presente Estado de 

Emergência, causado pela Pandemia do Covid 19. Estes emigrantes não têm direito a lay-off ou 

subsídios de desemprego por se encontrarem em Portugal há pouco tempo e não quiseram ou não 

conseguirem ainda ser repatriados.

A operação de preparar cabazes e fazer os mesmos chegar às famílias necessitadas, juntamente 

com máscaras, roupa e outros bens, foi patrocinada pela Fundação D. Manuel II em parceria com 

a Fundação Oureana e coordenada por voluntários Confrades da Real Confraria do Santo Condestável,

da Real Irmandade da Ordem de São Miguel da Ala e da Casa do Brasil em Ourém.

Uma grande parte dos alimentos foi generosamente doada pelo Banco Alimentar contra a Fome de 

Lisboa e cada cabaz reforçado com outros bens, máscaras de protecção, visores e artigos para crianças 

comprados com donativos de benfeitores particulares solidários para com esta situação.

Estes casos que foram referenciados e confirmados pelo Consulado Honorário do Brasil em Fátima 

(Ourém) serão depois desta acção humanitária pontual e extraordinária, encaminhados para inscrição 

no Banco Alimentar Contra a Fome de Lisboa e na Missão Continente até que a importante acção de 

apoio social continuado da Caritas Diocesana, da Cruz Vermelha de Leiria e do Banco Alimentar 

contra a Fome de Leiria seja restabelecida, após interrupção por escassez de bens alimentares.

Foram também distribuídos alguns materiais espirituais e de devoção Católica que algumas famílias e 

comunidades religiosas solicitaram, tendo sido os mesmos oferecidos pela Real Confraria do 

Santo Condestável, a ICHR e a RISMA, Apostolados da Diocese de São Tomé e Príncipe.

 

 

No âmbito das actividades de solidariedade social da Fundação Dom Manuel II, através do seu 

Presidente, S.A.R., o Senhor Dom Duarte de Bragança, concretizaram-se acções de apoio a 

várias instituições.

No dia 6 de Abril foram oferecidas no passado dia 6 de Abril por S.A.R., o Senhor Dom Duarte Pio 

de Bragança e por S.A.R., o Senhor Dom Afonso de Bragança, máscaras de protecção para o Corpo 

de Bombeiros Real Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários de Lisboa.

 E nos dias 8, 9 e 10 de Abril foram entregues bens alimentares às Irmãzinhas dos Pobres, 

aos Missionários do Verbo Divino, ao Cottolengo do Padre Alegre e às Irmãs Clarissas, cuja entrega 

foi efectuada pelo colaborador voluntário José Nelson de Figueiredo.

As iniciativas tiveram grande apreciação por parte das Instituições beneficiadas.










09/04/2019

Divulgação de actividade cultural da Fundação Calouste Gulbenkian e da Comissão Temática de Promoção e Difusão da Língua Portuguesa dos Observadores
Consultivos da CPLP, Comissão esta de que a Fundação D. Manuel II faz parte:






15/03/2019

D. Manuel II esteve representada na pessoa do seu Presidente, S.A.R., o Senhor Dom Duarte de Bragança, que participou nas cerimónias que inauguraram as celebrações dos 700 anos da Ordem de Cristo, as quais tiveram lugar no Convento de Cristo e na Igreja de Santa Maria dos Olivais, em Tomar.



 

700 ANOS DA ORDEM DE CRISTO - Já arrancou a primeira fase das Comemorações Oficiais dos 700 Anos da 

Ordem de Cristo, organizadas pelo Convento de Cristo em Parceria com as Fundações D. Manuel II e Oureana.

No dia 14 de Março de 2019, aniversário da Bula "Ad ea ex quibus", teve lugar na Real Lipsanotheca da 

Fundação Oureana, no Castelo de Ourém, uma Santa Missa celebrada pelo Capelão Mor Assistente, Revº 

Padre José Joanees Oliveira, em Memória do Papa João XXII e do Rei D. Dinis. Serviu de preparação do Busto 

Relicário com as Relíquias insignes da Rainha Santa Isabel levadas para veneração Pública em Tomar.

A 15 de Março de 2019, teve lugar na Igreja de Santa Maria dos Olivais, em Tomar, uma Missa Solene de abertura 

oficial do VII Centenário e que foi celebrada pelo Pároco de Tomar e Capelão Honorário da Casa Real, Padre 

Mário Duarte. A Missa foi concelebrada pelo Capelão Mor Assistente Revº Padre José Joanees Oliveira com S.A.R.

D. Duarte, Duque de Bragança e Conde de Ourém a assistir na qualidade de Presidente da Fundação D. Manuel II 

e Patrono da Fundação Oureana. No fim da Missa assistiu-se a um mini-concerto pelo Coro da Imaculada 

Conceição de Almeirim, a cargo do Cantor lírico e Maestro Armando Calado.

Depois da Missa, que relembrou todos os Membros da Ordem de Cristo Vivos e Mortos, e particularmente D. Afonso, 

IV Conde de Ourém, Primogénito da Casa Real, teve lugar uma Real Guarda de Honra com veneração das Relíquias 

Insignes da Rainha Santa Isabel, Co-Fundadora da Ordem.

O Jantar de Honra decorreu no Hotel dos Templários, um dos Patrocinadores oficiais das Comemorações.

No dia 16 de Março de 2019, teve lugar pela manhã uma Visita Guiada ao Convento de Cristo a cargo do Arquitecto 

Álvaro Barbosa, Director Emérito do Monumento, seguida depois de um Porto de Honra de Boas Vindas oferecido pela 

Directora do Monumento Andreia Galvão que agradeceu e elogiou as Fundações, os Membros da organização e ainda 

os Patrocinadores, pelo papel que tiveram na organização do evento que mereceu o Alto Patrocínio da DGCP, do 

Ministério da Cultura e do IPT e o Apoio da Câmara Municipal de Tomar e demais entidades oficiais.

Bruno de Castro, Delegado em Tomar da Fundação Oureana para as Celebrações, convidou os presentes a visitarem a 

pequena mostra de artefactos que farão parte da exposição Comemorativa dos sete Séculos da Ordem, que se vai realizar 

já no próximo mês de Maio, na antiga Sacristia Filipina no Convento de Cristo na 2ª Fase das festividades.






20/04/2018

S.A.R., o Senhor Dom Afonso de Bragança entregou o Prémio Príncipe da Beira Ciências Biomédicas à vencedora
da edição de 2017. (ver notíciaDN; ver notíciaCaras; ver notíciaVila Nova; ver notícia Guimarães digital)





13/04/2016
(Ver notícia - Caras; ver notícia - Município de Guimarães; ver vídeo Guimaraestv)




2015

A Fundação D. Manuel II tornou-se Observador Consultivo da CPLP e integrou a Comissão Temática de Promoção e Difusão da Língua Portuguesa dos Observadores Consultivos da CPLP.




2014

- O Senhor Dom Duarte de Bragança participou no 10º Encontro de Fundações da CPLP, em Luanda, de 21 a 23 de Outubro de 2014, subordinado ao tema “Desenvolvimento Sustentável na CPLP: que metas após 2015?”, que foi organizado pelo Centro
Português de Fundações
com o apoio da Fundação Eduardo dos Santos, Fundação Agostinho Neto, Fundação Sagrada
Esperança, Fundação Lwini e Fundação Sol.

- O 1º Congresso Internacional de Museologia Militar que teve lugar no Aquartelamento da Academia Militar na Amadora,
nos dias 24 e 25 de Setembro 2014, contou com o apoio da Fundação Dom Manuel II, representada por S.A.R., o Duque de
Bragança, que participou neste Congresso, fazendo parte da Comissão de honra.


- A Fundação Dom Manuel II e as Pousadas de Portugal assinaram um Protocolode Cooperação ao abrigo do qual as Pousadas passarão a usar as Armas Portuguesas
com a legenda "Recomendado pela Casa Real Portuguesa".

(Ler nos recortes de imprensa da Casa Real | Ler no Publituris)



- Guimarães protocola prémio para melhor investigador de ciências

Transferir



-Instituto dos Mares da Lusofonia
, instituído pela fundação Dom Manuel II,

organiza o seu terceiro Congresso no Rio de Janeiro(ler)





“Foi por isto mesmo que o Secretariado Executivo da CPLP não hesitou em, mais
uma vez, associar-se como Parceiro da Fundação D. Manuel II na organização
desta II Edição do Congresso “”Os Mares da Lusofonia”.

O Secretariado Executivo da CPLP reitera a sua inteira disponibilidade em continua
a trabalhar estreitamente com este nosso parceiro, esperamos,numa condição futura
de Observador Consultivo da CPLP.”


 
"A Comissão «São Nuno de Santa Maria», constituída, no ano da Canonização do Condestável, sob o patrocínio da Ordem do Carmo em Portugal tem como objectivo celebrar a figura de D.Nuno Álvares Pereira e divulgar a vida e obra deste Santo português.

É membro da Comissão de Honra, S.A.R. Dom Duarte, Duque de Bragança,
Chefe da Casa Real Portuguesa.






 
 
 
 
 
 

 
 
 
 
 

 
 
 


-
Sob o alto patrocínio da Fundação D. Manuel II foi constituída a
comissão
D. Carlos 100 Anoscom o objectivo de evocar a vida e obra do Rei D. Carlos,
quando passam 100 anos sobre o seu desaparecimento.
­A Comissão "D. Carlos-100 anos", sob a égide da Fundação D. Manuel II,
vem assinalando o centésimo aniversário do falecimento do Rei D. Carlos,
pretendendo dar a conhecer as suas múltiplas facetas na Ciência, na Cultura e no Mar.

 



 
 

 
 
2015 © Fundação Dom Manuel II  *  Todos os direitos reservados